Categorias

O amor de Pierrô, Colombina e Arlequim – Viva o Carnaval!

Categoria: ROOT Postado em: 25/01/2016 Comentário: 0

Conheça a história por trás do amor de Pierrô, Arlequim e Colombina, três dos mais importantes personagens do Carnaval.

Se você já ouviu algumas das marchinhas de Carnaval, ou até mesmo a música “Pierrot”, da banda Los Hermanos – “O Pierrot apaixonado choooora pelo amor da Cooolombina! ♫♪” - já deve ter se perguntado: “Quem foi o Pierrô?” ou “Quem era essa Colombina tão sortuda que tinha um homem chorando aos seus pés?”. Pois bem, Pierrô, Colombina e Arlequim formavam um triângulo amoroso famoso na Commedia dellArte, uma expressão teatral italiana do século XVI. Faziam parte de uma sátira social que envolvia o romance entre Colombina, uma criada, o apaixonado (e perturbado) Pierrô e o astuto Arlequim, além de outros personagens menos famosos, como Pantaleão - o patrão de Colombina - e Isabella - filha do patrão - e que tinha Colombina como sua criada.

 

Quais as características deles na história?

Pierrô

Nas comédias italianas, seu nome era “Pedrolino”, mas foi o nome da adaptação francesa que conquistou o mundo (Cá entre nós que Pierrô é bem mais legal, não acham?). Ele era o mais pobre dos serviçais, vestia apenas roupas feitas com sacos de farinha tinha o rosto pintado de branco e não vestia uma máscara – o que demonstrava, para os italianos, o quão pobre era o personagem. Vivia pelos cantos, choramingando o amor não correspondido de Colombina. Por essa razão, ele era sempre o alvo das piadas em cena, principalmente por parte do Arlequin.

 

Hoje, suas vestes e maquiagens são facilmente vistas nos palhaços de circo espalhados pelo mundo.

 

Arlequim

 

Servo de Pantaleão, Arlequim é o típico malandro. Esperto, preguiçoso e muito insolente, entrava em cena bailando, saltitando, e fazendo acrobacias aéreas, a fim de convencer a todos de sua ingenuidade. Pregava peças nos outros personagens – especialmente em Pierrô – e usava a sua agilidade e inteligência para escapar das enrascadas. Ele tinha uma queda por Colombina, mas nada que se aproximasse da obsessão que Pierrô sentia por ela. Sua marca registrada eram ( e até hoje são) as roupas de losangos e os olhos marcantes.

 

Colombina

 

A bela e romântica Colombina era tão refinada quanto sua ama, Isabella. Ela era o pivô da trama da história e usava da dança e de sua bela voz para tentar impressionar seu amado Arlequim, mas, no fim, apenas atraia mais e mais a atenção do Pierrô.

 

Colombina, Arlequim e Pierrô são grandes sucessos do Carnaval, e para exibir essa bela e romântica história que há séculos encanta foliões do mundo todo, adquira as maquiagens Cores & Brilhos. Em nosso site você encontra tudo aquilo que precisa para fazer as melhores makes para o Carnaval! www.coresebrilhos.com.br

Fonte: Mundo Estranho

Tags:

Deixe um comentário

Captcha